Mundo

Atentado deixa mais de 235 mortos em mesquita no Egito

O Presidente Abdel Fattah al-Sissi convocou uma reunião de emergência do Conselho de Segurança egípcio
Fonte: RTP Notícias | Editor: Redação 24/11/2017 12:43
Atentado contra mesquita no Egito Atentado contra mesquita no EgitoFoto: RTP

Um atentado terrorista matou esta sexta-feira pelo menos 235 pessoas numa mesquita do norte do Sinai, no Egito. De acordo com as agências internacionais, os atacantes colocaram explosivos artesanais em redor da mesquita e fizeram-nos detonar quando os fiéis saíam da oração de sexta-feira. Há ainda mais de 125 feridos. Um grupo de radicais islâmicos fez explodir bombas artesanais e disparou indiscriminadamente numa mesquita a norte do Sinai. Há notícia de muitas ambulâncias no local para transportar os feridos até aos hospitais da região.

O ataque terá sido levado a cabo com recurso também a armas de fogo. A mesquita atacada situa-se na cidade de Bir al-Abd, a cerca de 40 quilómetros da capital da província do norte do Sinai, El-Arish.O Presidente Abdel Fattah al-Sissi convocou uma reunião de emergência do Conselho de Segurança egípcio. Testemunhas citadas pela agência Reuters dão conta de grande movimentação de ambulâncias junto à mesquita Al Rawdah, na povoação de Bir al-Abed.

De acordo com a France Presse, os agressores terão chegado ao local em quatro veículos, atingindo os fiéis que se encontravam na mesquita durante as orações desta sexta-feira. As autoridades egípcias têm sido confrontadas com ataques reivindicados pelo Estado Islâmico na região setentrional do Sinai, onde morreram centenas de polícias e soldados nos últimos três anos.

O Governo do Egito já declarou três dias de luto nacional.

Comentários