Municípios

Assistência Social de Água Branca realiza III Semana do Bebê

Na oportunidade aconteceu a entrega dos kits do enxoval para o grupo de gestantes atendidas pelo projeto Nascer Saudável e palestras educativas
Fonte: Ascom | Editor: Da Redação 07/06/2018 17:23
Semana do bebê Semana do bebêFoto: Ascom

A Prefeitura de Água Branca, através da Secretaria de Assistência Social, realizou a abertura da III Semana do Bebê. O evento, que aconteceu na tarde dessa quarta-feira (6), na sede do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), integra a programação para a conquista do Selo Unicef.

Na oportunidade aconteceu a entrega dos kits do enxoval para o grupo de gestantes atendidas pelo projeto Nascer Saudável e palestras educativas, ministradas pela enfermeira Antônia Leal, sobre a importância do pré-natal, parto assistido e cuidados com o recém-nascido.

A secretária de Assistência Social e Cidadania, Danielly Lima, falou aos presentes sobre as mudanças na vida da mulher após a maternidade. "É um momento muito especial e, ao mesmo tempo, repleto de novidades e dúvidas, em que toda a estrutura e suporte fazem diferença. Dessa forma, as equipes da Assistência Social, com o apoio de toda a gestão municipal, realizam projetos e ações no sentido de auxiliar a mãe, a família e o bebê nesse momento tão importante. Como exemplo, citamos o Projeto Nascer Saudável, que proporciona às participantes um apoio na fase da gestação, nascimento do bebê e seus primeiros meses. Nos encontros diários, as mulheres participam de palestras sobre alimentação e saúde e oficinas de confecção do enxoval do bebê”, diz.

Danielly Lima também destaca que o esforço da gestão municipal em executar políticas públicas que reduzam as desigualdades. “O prefeito Jonas Moura sempre orienta a equipe de gestão a pensar estratégias de diminuir as desigualdades sociais e garantir os direitos dos cidadãos, o que também faz parte do objetivo do Selo Unicef. Estamos unindo forças para assegurar os direitos das crianças e adolescentes e diminuir as desigualdades. O município já concorreu ao Selo em outras oportunidades, na edição anterior conquistamos o Selo por bater todas as metas requeridas pela comissão organizadora e avaliadora no Semiárido Brasileiro e em 2015 recebemos a certificação por conseguir alfabetizar 90,5% das crianças matriculadas no 3º ano da Educação Infantil da rede municipal”, finaliza.

Comentários