Política

Assis Carvalho acusa MDB de querer forçar a formação de "chapão"

Presidente do PT afirma que apenas o MDB defende a a chapa única proiporcional
Fonte: Paulo Pincel | Editor: Alinny Maria 03/07/2018 10:52
Assis Carvalho Assis CarvalhoFoto: Thiago Luis

Depois de criticar abertamente o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho, indicado como candidato a vice-governador pelo MDB, o presidente do Partido dos Trabalhadores no Piauí, deputado federal Assis Carvalho, agora se pronunciou sobre a formação do “chapão”, que é defendida pela maioria dos partidos que compões a base governista.

Assis Carvalho avisa que quem vai decidir sobre as eleições proporcionais são os delegados do PT. “Ainda que eu concordasse com essa tese, seria derrotado. É perder tempo pensando que poderemos mudar a posição dos 250 delegados. Isso não muda”, garantiu o presidente do PT.,

Segundo Assis Carvbalho, o PT não está pedindo um voto de ninguém. “Não é justo o PT ter uma quantidade de votos e parte desses votos ser passado para um partido só porque é aliado. Isso é uma maldade. O cara votar no PT e beneficiar outro nome. Isso não vamos fazer”, acrescentou. “Só o MDB fica forçando um debate. Estive com o senador Ciro e ele disse que não faz questão do chapão. Se tiver chapão teria que ser com o PT. Estive com o PTB do mesmo jeito, com o PR do mesmo jeito. Quem são os líderes da base? Só o MDB tentando forçar isso”.

Reação
Depois das críticas de Assis Carvalho a Themístocles Filho, o governador Wellington Dias saiu em defesa do presidente da Alepi, argumentando que a posição individual de Assis Carvalho não reflete a posição de um time. “Temos um time que tem muito respeito uns pelos outros e vamos considerar a normalidade que é a da postulação. Alguns postulam a vaga de vice e vamos resolver pelo entendimento... [Themístocles] É um nome que é considerado, devo dizer que há outros que apresentam também o seu nome para esta vaga”.

Comentários