Polícia

Assassino de advogado chora ao depor; veja o vídeo

Fonte: Paulo Pincel 15/09/2017 12:26
Francinaldo Batista, o Neném Francinaldo Batista, o NenémFoto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais da Delegacia de Homicídios, coordenados pelo delegado Francisco Costa "Baretta", procuram dois homens - identificados apenas pelos apelidos de "Dodô" e "Palito -, acusados de participação no latrocínio na noite de segunda-feira (11), no bairro Saci, que vitimou o advogado Ozires de Castro Machado Neto, morto com um tiro na cabeça ao tentar fugir dos assaltantes.

Baretta adiantou que os três são conhecidos da polícia, com várias passagens por assaltos praticados na zona Sul da capital. Baretta ouviu o depoimento de Francinaldo, que entregou os outros dois comparsas.

Dodô estava com Francinaldo dos Santos Batista, o Neném, no momento do crime. Palito era o condutor do veículo que deu fuga à quadrilha. Antes de fugir no VW Gol dirigido por Palito, Dodô e Neném roubaram uma motocicleta ainda no Saci. Amoto foi abandonada mais adiante pelos assaltantes.

A prisão dos comparsas de Neném, segundo Baretta, é questão de tempo. "Eles vão dizer como querem ser presos.Mas nós vamos prende-los de qualquer jeito", prometeu.

Comentários