Política

Aprovado projeto de lei que inclui tipo sanguíneo em uniformes de alunos em Teresina

O projeto é da vereadora Graça Amorim (PMB)
Fonte: Câmara Municipal de Teresina | Editor: Alinny Maria 12/12/2017 13:05
Vereadora Graça Amorim (PMB) Vereadora Graça Amorim (PMB)Foto: Paulo Pincel

A Câmara Municipal de Teresina aprovou na sessão ordinária desta terça-feira (12) o projeto de lei que propõe que os uniformes escolares do município contenham a informação do grupo sanguíneo e fator RH dos alunos.

O projeto é da vereadora Graça Amorim (PMB) e tem o objetivo de permitir maior celeridade em caso de necessidade de atendimento. Graça Amorim frisa que é uma medida preventiva, alertando para o fato de que não saber o grupo sanguíneo e o fator RH de uma pessoa pode retardar seu atendimento a ponto de colocá-la sob risco de morte.

A lei vale para todos os alunos dos ensinos fundamental e médio, tanto da rede municipal quanto da rede privada. Conforme o projeto, as identificações deverão ser afixadas na parte dianteira superior direita da peça do uniformes.

"As informações poderão ser pintadas, bordadas ou afixadas de outra forma, desde que permanente e duradoura [...] Acidentes ou atropelamentos acontecem com frequência com pessoas desta faixa etária. A adoção desta medida facilitará a assistência aos alunos em caso de ocorrência de emergência, contribuindo para facilitar o atendimento de diversos profissionais da área de saúde", explica a vereadora.

Comentários