Política

APPM alerta sobre crédito de altas quantias nas contas de municípios

Crédito dessas quantias referente ao Fundo Especial do Petróleo foi equivocado
Fonte: CNM/APPM | Editor: Paulo Pincel 25/10/2018 10:56
Presidente da APPM, Gil Carlos Presidente da APPM, Gil CarlosFoto: Paulo Pincel

Na manhã de terça-feira (23), os municípios foram surpreendidos com valores expressivos em conta a título do Fundo Especial de Petróleo (FEP). Em contato com a Agência Nacional de Petróleo, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) foi informada que houve uma distribuição equivocada do recurso que entrou na conta do Fundo. Além de valores a título do próprio FEP, caiu na conta dos Municípios recursos a título de royalties.

Na página da Associação Piauiense de Municípios, há um alerta sobre o crédito indevido, que será estornado. O rpesidente da APPM, Gil Carlos, alerta para que os rpefeitos não façam nenhum saque desses valores.

A CNM explica que a distribuição desses dois recursos é totalmente diferente, o primeiro é repartido com todos os entes com base nos coeficientes do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e Fundo de Participação dos Estados (FPE) e o segundo é distribuído apenas para os Estados e Municípios produtores, confrontantes ou que fazem parte da área geoeconômica do local de extração.

Desse modo, a ANP informa que os estornos daquilo que foi indevidamente creditado serão feitos entre os dias 23 e 24 de outubro.

A Confederação ressalta que os municípios que sacaram ou transferiram os recursos terão a conta descoberta para estorno. Nesses casos, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) deve tomar providências.

Para mais orientações, os gestores podem entrar em contato com a CNM pelos telefones: (61) 2101-6021 ou (61) 2101-6041.

Comentários