Entretenimento

Após deixar 'A Casa' por conjuntivite, participante ameaça se matar

Por não se conformar com a eliminação, integrante sofreu ataque e ameaçou atentar contra a própria vida
Fonte: Noticias ao minuto | Editor: Redação 03/07/2017 13:33
Marcos Mion, apresentador do reality A Casa. Marcos Mion, apresentador do reality A Casa.Foto: Reprodução

O reality show “A Casa” mal estreou (começou a ir ao ar no dia 27 de junho) e já tem dado dor de cabeça para a direção da Record.

O confinamento de 100 pessoas em um ambiente confortável para apenas quatro tem mexido com os ânimos e a saúde dos participantes, segundo informações do colunista Maurício Stycer.

O caso que mais assustou até agora foi de um participante afastado após ter sido diagnosticado com conjuntivite – inflamação nos olhos, não muito grave, mas contagiosa.

Levado para um hotel, utilizado pela Record como apoio para a produção, o participante não se conformou com a eliminação e teve o que foi descrito como um ataque. Quebrou coisas e ameaçou se matar.

A polícia foi chamada ao local. E a situação se resolveu. Como a história se passou fora do espaço do reality, no entanto, não será vista pelo público. E o participante não será identificado – mais de um candidato deixou a casa por causa de conjuntivite.

O programa começou a ser gravado no início de junho e tem ainda uma semana de gravações pela frente. Nesta altura, ainda há cerca de 30 pessoas confinadas. Só o último episódio, no final de agosto, será exibido ao vivo.

A emissora não confirma os detalhes da história envolvendo o participante que ameaçou se matar, mas reconhece que está tendo dificuldades com alguns candidatos eliminados.

Além disso, a Record diz que ainda não foi notificada sobre o inquérito aberto pela Procuradoria da República em São João da Boa Vista (SP) depois de denúncias de um telespectador. A ação visa apurar violações a direitos humanos dos participantes e não diz respeito ao caso específico do integrante que tentou se matar.

Comentários