Geral

Após cinco anos, médicos cubanos deixam o Piauí

O Piauí se despede dos profissionais
Fonte: Com informações da Ascom | Editor: Alinny Maria 23/11/2018 09:49
Médicos cubanos deixam o Piauí Médicos cubanos deixam o PiauíFoto: Reprodução/WhatsApp

Com 202 médicos cubanos pelo Programa Mais Médicos, o Piauí inicia hoje, 23, a despedida de 31 profissionais que atuavam em 26 municípios. Pelo calendário, os cubanos, que atuam em 101 municípios, devem deixar o país até o dia 3 de dezembro. Eles embarcaram às 9h no aeroporto Petrônio Portella, em Teresina.

Os municípios piauienses que tinha atuação dos médicos cubanos são: São José do Divino, Alagoinha, Eliseu Martins, Joca Marques, Esperantina, Milton Brandão, Caraúbas do Piauí, Barras, Santa Rosa do Piauí, Avelino Lopes, Anísio de Abreu, São Raimundo Nonato, Corrente, São João do Piauí, Massapé do Piauí, Luzilândia, Campo Maior, Monte Alegre do Piauí, Ribeiro Gonçalves, Jaicós, Redenção do Gurgueia, Matias Olímpio, Pio IX, Betânia do Piauí, Bertolínia, Francinópolis.

Com a saída dos médicos cubanos, nove municípios ficarão sem atendimento na Atenção Básica, pois em algumas unidades de saúde havia apenas os profissionais cubanos. As cidades de Antônio Almeida, Barreiras do Piauí, Guaribas, João Costa, Morro Cabeça no Tempo, Pavussu, São Gonçalo do Gurgueia , São Luís do Piauí e Tamboril ficaram sem médico temporariamente.

Comentários