Ciência & Tecnologia

Aplicativo de celular desenvolvido pela ATI será levado aos Estados Unidos

Aplicativo Salve Maria já recebeu 49 denúncias em seis meses.
Fonte: Ascom | Editor: Redação 27/09/2017 08:14
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativaFoto: Reprodução

Com a constante troca de informações entre Policiais Civis e Militares do Piauí e três Policiais Americanos que ministram um curso de investigação de homicídios na Academia de Polícia em Teresina, os aplicativos que o Governo do Piauí disponibiliza para a população realizar denúncias de diversos crimes através de celulares, como o DEPRE-DH e Salve Maria, chamaram a atenção da Polícia de Miami (EUA).

Daniel Valadares, ligado a Unidade de Homicídios do Departamento de Polícia da cidade americana fala sobre a descoberta. "Recentemente nós descobrimos durante essa viagem que existe um aplicativo para passar informações para a Polícia e nós não temos isso na cidade de Miami", disse.

O disque denúncia ainda é um dos métodos mais utilizados nos Estados Unidos. " A primeira coisa que a pessoa deve fazer é entrar em contato com o 991, que é um número do Departamento de Polícia da área local", contou Valadares.

O policial também avisou do interesse em replicar aplicativos como o Salve Maria, desenvolvido pela Agência de Tecnologia da Informação do Piauí em parceria com a Secretaria Estadual de Segurança. "Esse aplicativo é algo que vamos levar para tentar desenvolver isso por lá e colocar em prática, acho que é uma maneira muito moderna e rápida de receber informações", elogiou.

A titular do Núcleo de Feminicídio, delegada Anamelka Cadena, pontuou como o aplicativo gerou uma aproximação entre a força policial do estado e a população. "Foi isso que, inclusive, eles acharam muito interessante, pois permite um link entre a comunidade, a sociedade e a estrutura pública de segurança para que no momento em que somos informados de um fato, a gente faça uma imersão naquele cenário de violência sem necessariamente ter um registro de ocorrência formal, que a vitima precise se deslocar até a unidade policial", esclareceu.

Responsável por trazer o curso com agentes americanos para o Estado, o delegado Jetan Pinheiro também comentou o entusiasmo dos policiais de Miami para com o aplicativo. "Ficaram muito interessados porque lá a denúncia é pelo Disque Denúncia, então eles acharam muito interessante esse nosso método de se comunicar com a comunidade", contou.

Salve Maria

O aplicativo Salve Maria foi lançado em março pelo governador Wellington Dias. Em seis meses 49 denúncias já foram realizadas através da ferramenta, segundo dados levantados pela equipe técnica da Agência de Tecnologia da Informação. Com o objetivo de combater crimes de violência contra a mulher, qualquer cidadão pode baixar gratuitamente a solução tecnológica e usar para denunciar, inclusive, anexando arquivos de texto, áudio, fotos e vídeo. Ao todo, o aplicativo já foi baixado na Play Store 2.404 vezes.

Uma segunda maneira de usar o Salve Maria é por meio do Botão do Pânico. Esse botão deve ser usado na iminência de uma agressão ou mesmo quando a vítima estiver sendo agredida. Quando apertado, o botão do pânico emite um alerta com a localização geográfica da vítima a uma Central de Monitoramento da Polícia, que desloca a viatura mais próxima para atender o chamado.

--

Facebook - https://www.facebook.com/atidopiaui/

Instagram - https://www.instagram.com/ati.pi/

Comentários