Política

Apesar dos cargos, PTB fará oposição a Wellington Dias

Ex-senador João Vicente Claudino quer o PTB fora do governo até abril
Fonte: PTB | Editor: Paulo Pincel 26/02/2018 09:57
Senador João Vicente Claudino com lideranças políticas Senador João Vicente Claudino com lideranças políticasFoto: Reprodução

O empresário João Vicente Claudino avisa que não há outro caminho para o PTB que não seja o da oposição a Wellington Dias, apesar do partido ocupar vários cargos no primeiro escalão do governo, como as secretarias de Desenvolvimento Econômico, ocupada pelo deputado estadual Nerinho, e de Infraestrutura, que tem como titular a deputada estadual Janaina Marques.

“Eu sendo candidato não tem outro caminho a não ser a oposição. É o caminho natural. Mas se o partido tiver outro nome para cargo majoritário, as lideranças do PTB é quem vão definir. O PTB participa do governo legitimamente. Ajudou a vencer as eleições de 2014, construiu o governo, teve essa participação. Tem partidos que estão lá sem esse posicionamento. Entraram no governo no pós-eleições. Então O PTB está legitimamente porque o povo decidiu”, argumenta.

Segundo João Vicente Claudino, o povo escolhe quem é oposição ou governo. “Quando fui candidato em 2010, o PTB também era governo. Na hora que se tomou a decisão de ter uma candidatura própria, a grande maioria do partido caminhou, com a total transparência. Não será fato novo em relação a isso. Mas tudo será feito com total transparência e equilíbrio”, acrescentou.

O ex-senador ressalta que nunca fez política por imposição ou arrogância, “por nenhum motivo que não fosse servir a uma causa e essa causa é o Estado do Piauí. Eu já coloquei que o Senado foi uma missão que cumprimos. Trabalhamos muito pelo Piauí e queria ter feito muito mais”.

João Vicente afirma que não tem perfil para ser vice. “Eu não tenho perfil para vice pela minha inquietação, pela forma de fazer política. Talvez eu não fosse o melhor perfil para vice”, descartou.

Comentários