Política

Apesar da pressão, governador mantém secretário no cargo

Oposição pediu a exoneração do secretário depois do escândalo na Major César
Fonte: Paulo Pincel | Editor: Luiz Brandão 06/10/2017 14:09
Governador Wellington Dias na APPM Governador Wellington Dias na APPMFoto: João Albert

O secretário de Estado da Justiça, advogado Daniel Oliveira, vai continuar no cargo, apesar da repercussão negativa, inclusive na imprensa mundial, do episódio do adolescente deixado na cela da Colônia Agrícola Major Cesar Oliveira, no último sábado (30), durante uma visita aos presos na penitenciária.

Quem garantiu a permanência de Daniel Oliveira no cargo foi o próprio governador Wellington Dias, durante o lançamento do programa “Avançar Cidades – Mobilidade Urbana”, na manhã desta sexta-feira (6), no auditório da Associação Piauiense dos Municipais (APPM).

“O secretário Daniel segue no cargo, com certeza, sem nenhuma dúvida. Tudo aquilo que alguém com responsabilidade tem que fazer ele tem feito. É um fato grave, mas todas as medidas foram tomadas imediatamente”, lembrou.

Para Wellington Dias, é preciso investigar as responsabilidades, antes da adoção de qualquer medida. “Porque além de punir é preciso que haja um controle maior na fiscalização de visitantes, é preciso averiguar de quem foi a responsabilidade, se tem um controle sobre a entrada de visitas no presídio, onde é preciso saber quem entra e quem sai, deve-se buscar a saber de quem foi essa falha e se tem crime, vai ter que responder”, garantiu Wellington Dias

Dias destacou a eficiência dos “Trataram de resolver tudo em relação sobre a proteção do jovem, para que ele fizesse os exames necessários e informaram ao conjunto de autoridades”, afirmou.

APPM
APPM
Lançamento do programa Avançar Cidades – Mobilidade e Saneamento, no auditório da APPM

Comentários