Geral

Apagão atinge Nordeste e Norte nesta quarta-feira

Além dos nove estados do Nordeste, apagão atingiu o Tocantins, Amazonas, Pará e Amapá.
Fonte: Agência Brasil | Editor: Paulo Pincel 21/03/2018 18:08
Apagão não atingiu estados do Nordeste Apagão não atingiu estados do NordesteFoto: Marco Aurélio Martins/Agência A Tarde/AE

Estados das regiões Norte e Nordeste tiveram queda de energia nesta quarta-feira (21) das 15h45 às 18h. Interrupções no fornecimento de energia foram registradas em diversas localidades das duas regiões. Nas redes sociais, moradores de todos os estados do Nordeste relataram falhas em vários municípios. Na região Norte, a queda de energia atingiu os estados do Tocantins, Amazonas, Pará e Amapá.

A Energisa, concessionária que atende diversos estados, emitiu comunicado oficial informando que “um problema técnico na Usina de Belo Monte [Pará] interrompeu o fornecimento de energia para o Norte, Nordeste e parte do Sudoeste”. Segundo a nota, o Operador Nacional do Sistema (ONS) disse que não há previsão de restabelecimento.

O ONS informou à Agência Brasil que ainda está apurando a extensão e as causas do problema.

A Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) disse que também está investigando a origem da falta de energia.

Nota do ONS

Em nota, o ONS informa que, às 15h48, "uma perturbação no Sistema Interligado Nacional (SIN) causou o desligamento de cerca de 18.000MW, majoritariamente localizados nas regiões Norte e Nordeste, correspondendo a 22,5% da carga total do SIN naquele momento". De acordo com a nota, com a perda de carga, entrou em funcionamento o primeiro estágio do Esquema Regional de Alívio de Carga do Sistema Sul, Sudeste e Centro-Oeste, com corte automático de consumidores, no montante de 4.200MW.

"Os sistemas Sul, Sudeste e Centro-Oeste ficaram desconectados do Norte e Nordeste", acrescenta o comunicado.

Segundo o ONS, às 16h15, já havia sido realizada a recomposição de praticamente toda a carga no Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Neste momento, conclui a nota, as equipes do ONS trabalham na recomposição dos sistemas Norte e Nordeste.

Comentários