Brasil

Anvisa proíbe venda de lote de azeite extra virgem

Os índices de refração e iodo estavam acima das faixas recomendadas para o produto
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 03/04/2017 12:56
Azeite AzeiteFoto: Jundiaí Notícias

Após teste constatar fraude em sete marcas de azeite de oliva há menos de duas semanas, um lote do azeite de oliva extra virgem da marca Olivenza foi proibido de ser distribuído e comercializado. A determinação foi da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e divulgada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (3). As informações do bahia.ba.

Apesar de a validade dos produtos estar em dia, até abril de 2019, outros problemas foram constatados pela agência. A Anvisa proibiu após os índices de refração e iodo estarem acima das faixas recomendadas para o material.

Fraude

No último dia 23, um novo teste realizado pela associação Proteste constatou adulteração em diversas marcas de azeite de oliva, algumas delas consideradas impróprias para consumo in natura. A entidade revelou que, de 24 marcas testadas, sete apresentam fraudes por conterem misturas de óleos vegetais e animais.

Comentários

Matérias Relacionadas