Ciência & Tecnologia

Site do deputado que propôs censurar a internet é tirado do ar

Se a medida fosse aprovada, políticos poderiam pedir que conteúdos com 'discurso de ódio, disseminação de informações falsas ou ofensa' fossem tirados do ar
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 07/10/2017 10:52
Anonymous AnonymousFoto: Taringa

Uma célula da Anonymous, Anon H4, afirmou em uma publicação no Facebook nessa sexta-feira (6) que derrubou o site pessoal do deputado Áureo (SD-RJ). O político é o autor da emenda que censura a internet, que foi incluída na reforma política na quarta-feira (4), mas vetada pelo presidenteMichel Temer nessa sexta (6).

Se a medida fosse aprovada, políticos poderiam pedir a identificação de usuários de redes sociais, bem como a remoção de conteúdos com "discurso de ódio, disseminação de informações falsas ou ofensa". Após a repercussão, Áureo disse que "a emenda foi mal interpretada".

Também no Facebook, a Anon H4 disponibilizou um documento com dados públicos do autor da proposta, além de tirar o site do deputado do ar.

Comentários