Política

Ano financeiro começa com reforço de caixa de R$ 300 milhões

Estado vai finalmente receber a segunda parcela do empréstimo junto à Caixa
Fonte: Sefaz | Editor: Paulo Pincel 01/02/2018 10:49
Secretário de Estado da Fazenda, Rafael Fonteles Secretário de Estado da Fazenda, Rafael FontelesFoto: Sefaz

Fevereiro começa com o Estado gastando com pessoal acima do limite prudencial de 46,55% e a 1,3% de atingir o limite máximo de 49% previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. Porém, ao contrário de 2017, ano de “vacas magras” para o Piauí, o governador Wellington Dias inicia 2018 com um reforço de caixa da ordem de R$ 300 milhões, recursos que serão aplicados em obras de infraestrutura e mobilidade urbana.

Depois da polêmica entre governo e oposição na Assembleia Legislativa sobre o que foi feito com R$ 300 milhões, referentes à primeira parcela de um empréstimo de R$ 600 milhões contratados junto à Caixa Econômica Federal, e de muita pressão junto ao governo federal em Brasília, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, assinou a liberação dos recursos na terça-feira (30), mesma data da publicação da medida no Diário Oficial da União.

O secretário de Estado da Fazenda, Rafael Fonteles, adianta que os recursos vão permitir ao Estado dar continuidade e até finalizar a duplicação das rodovias BR-316 e BR-343 e continuar a pavimentação da Transcerrados e da prosseguimento a outras obras de mobilidade urbana e infraestrutura, como a adutora do litoral.

Comentários