Famosos

Angélica apresenta projeto para Globo e emissora não aprova

Desde que a atração saiu do ar, Angélica tem corrido atrás para voltar à grade da emissora.
Fonte: TVFOCO | Editor: Redação 03/06/2018 11:09
Angélica AngélicaFoto: Purepeople

No mês de abril a Globo resolveu colocar um ponto final no programa Estrelas. Desde que a atração saiu do ar, Angélica tem corrido atrás para voltar à grade da emissora. No entanto, a tarefa não tem sido tão fácil, visto que a direção do canal tem sido bastante criteriosa em relação a aprovação de novos projetos.

De acordo com informações do colunista Ricardo Feltrin, do UOL, Angélica criou um modelo de programa e o apresentou para o diretor Ricardo Waddigton analisar. O projeto, no entanto, corre o sério risco de não sair do papel e ser engavetado pela emissora. Acontece que o programa teria muitos quadros similares aos que já existem.

Com isso, Angélica teme que vá parar na geladeira da Globo. O contrato dela com a emissora, vale ressaltar, chega ao fim dentro de três meses e a emissora ainda não chamou a mulher de Luciano Huck para conversar. Ela já disse que quer continuar trabalhando e se o canal não sinalizar interesse a loira deve procurar trabalhar na concorrência.

Patrícia Poeta resolveu seguir os passos de Fátima Bernardes e deixou a bancada do jornalístico de maior renome da televisão brasileira, o Jornal Nacional, para apostar no entretenimento. Ela já está há três anos apresentando o É de Casa, mas esse nunca foi seu objetivo principal.

Ela largou o jornalismo com um sonho de ganhar um programa somente seu na grade da Globo. De acordo com informações do colunista Flávio Ricco, do UOL, Patrícia Poeta chegou a apresentar um projeto e o encaminhou para a área de desenvolvimento da Globo, mas ainda não obteve uma resposta.

O dito projeto é voltado totalmente para o universo feminino, no entanto ao que tudo indica não poderá ser produzido neste ano. Acontece que já existem outras prioridades na grade de programação da emissora, como a Copa do Mundo na Rússia e as eleições daqui alguns meses que prometem agitar.

Comentários