Política

Amostragem aponta vitória de Wellington no primeiro turno

Candidato à reeleição obteve 74,59% das intenções de voto em pesquisa
Fonte: Paulo Pincel 23/04/2018 14:26
Governador do Piauí, Wellington Dias Governador do Piauí, Wellington DiasFoto: André Oliveira

Se as eleições fossem hoje, o governador Wellington Dias seria reeleito com ampla maioria de votos, segundo a nova pesquisa do Instituto Amostragem, divulgada nesta segunda-feira (23) pelo Sistema Meio Norte. Wellington Dias obteve 74,59% das intenções de voto na pesquisa estimulada, sem incluir os votos nulos e brancos. O pré-candidato do Solidariedade, deputado estadual Dr, Pessoa é o que aparece mais próximo de Wellington Dias, com apenas 14,29% das respostas.

O deputado estadual Luciano Nunes, pré-candidato do PSDB ao Governo do Estado, vem em terceiro com 7,33% dos votos válidos. Valter Rebelo, pré-candidato do PSC, 3,16% dos votos válidos e Fábio Sérvio “Patriota”, com 0,63% dos votos válidos fecham a pesquisa.

Os números da pesquisa do Instituto Amostragem apontam que 60,32% dos eleitores do Piauí querem Wellington Dias reeleito; 26,51% das pessoas entrevistadas acham que Wellington não merece ser reeleito. Outros 13,17% dos eleitores ouvidos não souberam ou não quiseram opinar.

Para 48,46% dos entrevistados, a certeza de que Wellington Dias vai conquistar um quarto mandato ajuda na decisão de votar no candidato petista. Apenas 13,17% afirmaram que atrapalha e 21,42% são indiferentes. Dois entrevistados, 5,36% não têm intenção de reelege-lo e 11,59% não souberam ou não quiseram opinar.

A pesquisa realizada pelo Instituto Amostragem ouviu 1.139 eleitores entre os dias de 7 a 13 de abril em 47 municípios. Desses, 82% garantem que têm orgulho de viver no Piauí. Outros 7.02% dos piauienses têm vergonha de viver no Piauí; 9,39% são indiferentes à questão do orgulho e gosto de viver no Piauí. Dos entrevistados, 1,58% não souberam ou não quiseram opinar. Os motivos que fazem os piauienses terem orgulho do Piauí são a família (65,20%), o povo (33,83%), segurança e tranquilidade (21,32%) o fato de ser a terra em que nasceu, ser filho da terra e ser seu Estado (14,56%), educação (8,87%), saúde (7,17%), belezas, patrimônio, natural e histórico (7,71%), riquezas (3,10), por causa das atrações turísticas (3%), por causa do desenvolvimento (2,14%), da geração de emprego e renda (1,28%) e infraestrutura (0,75%).

Segundo a pesquisa, 40,12% dos eleitores ouvidos apontam como principal característica para a escolha do candidato a governador o fato de não estar envolvido em escândalos de corrupção e 35,03% dos eleitores afirmaram que escolhem o candidato que tem experiência administrativa. Apenas 9,48% escolhem o candidato a governador pela característica de ser novo na política e 15,36% não souberam ou não quiseram opinar.

Comentários