Política Nacional

Álvaro Dias diz que Lula não vai poder disputar eleição

"Se considerarmos decisão recente do STF, Lula já não é candidato", entende
Fonte: Paulo Pincel | Editor: Alliny Maria 02/10/2017 19:45
Governador Wellington Dias com o senador  Álvaro Dias na Fiepi Governador Wellington Dias com o senador Álvaro Dias na FiepiFoto: Jorge Bastos

O senador Álvaro Dias (Podemos) afirmou, em entrevista na TV, que Lula não será candidato a Presidência da República, já que a lei impede que réu seja incluído na linha sucessória do cargo. "Se considerarmos decisão recente do STF, Lula já não é candidato. O Supremo diz que réu não pode figurar na linha sucessória. Então, ele já estaria fora do pleito”, avaliou o senador, que veio a Teresina participar, na manhã desta segunda-feira (2), na sede da Fiepi, do lançamento do Podemos no Piauí.

“Terá ainda o julgamento em segunda instância que também pode confirmar a condenação dele em primeira instância. E ainda tem a Lei Ficha Limpa que impede de disputar a eleição quem é condenado pelo pleno de qualquer tribunal", lembrou o senador.

Álvaro Dias lamentou que haja uma descrença generalizada da população nos políticos. “Se a gente for nas ruas perguntar qual o candidato da população, a maioria não tem. Muitos preferem esperar para saber quem vai ficar de pé até a eleição. Temos uma operação Lava Jato alcançando e ferindo muita gente. Recebi esse chamamento do partido, uma exigência coletiva como uma missão a ser cumprida. Vamos até o fim", avisou o senador, que é pré-candidato a presidente da República pelo Podemos

"Defendo refundação da República para o emprego chegar ao cidadão que quer trabalhar, que quer produzir, ter salário, ter um lar, ter uma vida digna...temos que começar em Brasília mudando o sistema perverso, o balcão de negócios, a usina de escândalos de corrupção, a matriz dos governos corruptos e incompetentes, a causa maior da desgraça semeada no Brasil. O essencial agora é a rejeição. Estou muito feliz com as pesquisas que dizem respeito ao passado. O futuro está por vir. Muita água passará por debaixo dessa ponte. O importante agora é saber sobre a questão da rejeição que diz respeito a trajetória percorrida pelo postulante".

Comentários