Educação

Aluno repete nota mil conseguida pela monitora de redação

João Victor Amorim repetiu o feito de Isabella: nota mil na redação do Enem
Fonte: Paulo Pincel/G1 | Editor: Paulo Pincel 18/01/2019 11:55
João Victor com a amiga Isabella Barros: copiando a mestre João Victor com a amiga Isabella Barros: copiando a mestreFoto: Arquivo pessoal

Aluno do professor Thiago Morais, João Victor Amorim, 17 anos, é amigo de Isabella Barros Castelo Branco, monitora da disciplina de redação no Equação Certa, colégio que faz história no Brasil com os excelentes resultados obtidos no Enem. Este ano não foi diferente com Thiago: mil pontos na redação. Ele não acreditounquando viu a sua pontuação na redação: "tive que ver e rever uma cinco vez para acreditar"

O hábito da leitura e a concentração foram fundamentais para o êxito de João Victor, aluno do Colégio CEV, onde cursou o Ensino Médio. João conta que o texto que escreveu na prova de redação misturou Machado de Assis em "Ideias de Canário" e a série Black Mirror (Netflix), com o pensamento do sociólogo Michel Foucault e deu no que deu. “Muitas pessoas tentam buscar usar formalidades, escrever difícil e esquecem falar o que realmente importa. Eu fui para o que importava", ensinou João, que quer estudar Medicina.

Amiga

No Enem do ano passado, a amiga Isabella, que também foi aluna do CEV e do Equação Certa e hoje cursa Medicina na UESPI, fechou a prova de redação. Fez mil pontos. João Victor repetiu a façanha da amiga e também tirou nota mil na redação. "Só alegria".

Só 55 conseguiram

Foram apenas 55 alunos tiraram nota mil na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018, de acordo com anúncio feito nesta sexta-feira (18) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep).

No total, o Inep diz que corrigiu 4.122.423 provas de redação na aplicação regular do Enem, que aconteceu nos dias 4 e 11 de novembro. Os dados, portanto, não incluem as provas do Enem PPL, aplicado para pessoas privadas de liberdade.

O número representa um aumento em relação a 2017, que teve 53 notas máximas (veja o gráfico abaixo). Neste ano, os candidatos escreveram sobre 'Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet'.

Entre as provas objetivas, a nota média aumentou em linguagens, matemática e ciências humanas para o maior nível das últimas três edições, mas caiu em ciências da natureza.

Queda no número de notas zero

Além do leve aumento no número de notas mil, o Enem 2018 teve uma grande queda no número de participantes tiveram a redação zerada. Segundo o Inep, "os principais motivos para nota zero no Enem 2018 foram: redações em branco (1,12%), fuga ao tema (0,77%) e cópia do texto motivador (0,36%)". Em 2017, 5% dos participantes, o maior percentual, zerou a prova por fuga ao tema.

Já a nota média na redação passou de 558 para 522,8, considerando apenas as notas dos candidatos que não zeraram a prova.

Comentários