Ciência & Tecnologia

Algoritmo de reconhecimento facial é capaz de prever orientação sexual

Software foi criado a partir de um estudo da Universidade de Stanford, depois de ter analisado mais de 35 mil fotografias de rostos
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 11/09/2017 13:23
Homoafetivo HomoafetivoFoto: Correio Forense - JusBrasil

Um algoritmo criado pela Universidade de Stanford é capaz de prever a orientação sexual de uma pessoa com uma precisão surpreendente - isso, tendo como base apenas uma fotografia do seu rosto.

Segundo o 'The Next Web' que com a fotografia da cara de um homem o algoritmo conseguiu ter uma precisão de 81%, enquanto que com as mulheres obteve 74%. Porém, quando este algoritmo foi ‘alimentado’ com cinco fotografias do rosto de uma pessoa, a precisão aumentou para os 91% com homens e 83% com mulheres.

O algoritmo foi criado a partir de mais de 35 mil fotografias de rostos e de um estudo realizado pela Universidade de Stanford, que aponta que a orientação sexual advém da exposição a determinados hormônios antes do nascimento.

Comentários