Cidade

Procura-se o dono de terreno da lagoa que se rompeu

Prefeitura de Teresina apurando as causas da tragédia no Parque Rodoviário
Fonte: Noticias da Manhã | Editor: Alinny Maria 12/04/2019 10:57
Mais de 100 famílias ficam desabrigadas no Parque Rodoviário Mais de 100 famílias ficam desabrigadas no Parque RodoviárioFoto: Luiz Brandão

Após uma semana da tragédia no Parque Rodoviário, na zona Sul de Teresina, que deixou dois mortos e vários feridos, ainda não se sabe a quem pertence o terreno onde tinha a lagoa que rompeu e causou o desastre.

Uma comissão foi instituída pela Prefeitura de Teresina nesta semana para apurar e identificar o que realmente ocorreu, de quem é a propriedade e quem seria o responsável pela conservação do local.

Em entrevista à uma emissora de TV, o procurador Ari Ricardo Ferreira disse que a área fica na divisa da propriedade da antiga Telepisa, que posteriormente foi privatizada pela OI.

"O cadastro do município é antigo. Estamos fazendo buscas cartorárias para ver se houve mudança nessa propriedade. Com certeza, a área onde era o clube ainda está no nome da Telepisa nos cadastros municipais. Mas a área onde está a lagoa há uma divergência de limite onde começa e termina a área da Telepisa e esse é o passo inicial dessa comissão", disse o procurador ao programa Notícia da Manhã.

A comissão foi instituída no dia 9 de abril e o prazo de conclusão é de 30 dias, podendo ser prorrogado.

Comentários