Polícia

Adolescente diz que foi estuprada por dois homens no litoral

O caso aconteceu em Parnaíba
Fonte: Com informações do Portal Litoral Notícias | Editor: Alinny Maria 02/10/2018 08:14
Escola onde a adolescente estuda Escola onde a adolescente estudaFoto: Portal Litoral Notícias

Uma adolescente de iniciais K.N.S, de 15 anos, registrou Boletim de Ocorrência informando que foi raptada e estuprada por dois homens na manhã dessa segunda-feira (1º) por dois homens que estavam em um veículo modelo Prisma de cor preta. O caso aconteceu no bairro Nova Parnaíba, em Parnaíba, litoral do Piauí.

Em depoimento à Polícia Civil, a menor relatou que pegou uma van do bairro onde mora, Conjunto Broder Ville, para ir à escola onde estuda, na Escola Estadual Lauro Correia, que fica no bairro Nova Teresina. No percurso, a van quebrou e a adolescente resolveu fazer o restante do trajeto a pé.

Ela disse ainda que chegou atrasada e uma funcionária da escola de nome Vângela a impediu de entrar no colégio. A adolescente saiu caminhado no sentido da Praça Santo Antônio a fim de pegar a van e retornar para sua casa, mas foi abordada por dois homens desconhecidos próximo um supermercado na Avenida Álvaro Mendes.

Os suspeitos agraram a vítima, colocaram uma espécie de saco em sua cabeça e a jogaram dentro do veículo. A garota disse que não sabe para onde a levaram, e lá os homens praticaram o estupro.

Ainda conforme o depoimento, o ato durou por uma hora e depois os criminosos a abandonaram próximo a ponte da Cobrasil. A vítima também relatou que um dos homens tem a cor parda e de aproximadamente 45 anos.

Após o crime, a adolescente seguiu caminhando até a sua escola, onde ficou à espera de seu padrasto. Ao comunicar o fato para seu padrasto, ele comunicou à esposa e imediatamente seguiram para a Delegacia de Polícia Civil.

Foi registrado o Boletim de Ocorrência e em seguida, o delegado encaminhou vítima para o Instituto Médico Legal (IML) para perícia, com o objetivo de constatar a violência física e conjunção carnal. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil do munícipio.

Comentários