Municípios

Ação do Procon pode proibir venda de carne de sol em Campo Maior

O tema foi debatido na Câmara Municipal dos Vereadores
Fonte: Com informações da Câmara Municipal | Editor: Alinny Maria 09/05/2018 12:09
Carne de sol de Campo Maior Carne de sol de Campo MaiorFoto: Arquivo/Istock

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) moveu uma ação que pode proibir a venda da carne de sol no município de Campo Maior, a 86 km de Teresina, conhecido como a terra da carne de sol. Segundo o Ministério Público, o produto fica exposto ao ambiente e não atende as normas de higiene. O órgão ministerial deu prazo de 30 dias para os comerciantes se adequarem as normas exigidas relacionada ao melhor acondicionamento da carne.

Os vereadores do município levaram o tema para discussão na sessão plenária dessa terça-feira (8). Os vereadores se posicionaram contrários ao prazo de 30 dias estabelecidos pelo órgão e alertam que a ação pode prejudicar a economia do município. Os parlamentares requerem uma prorrogação da data e um diálogo do Ministério Público com os comerciantes.

“É importante que isso aconteça, mas é preciso de um prazo maior. Da forma que querem fazer não é o correto. A linha do Ministério Público é dura. A qualquer momento pode chegar num desses locais e jogar a carne fora, como disse o promotor numa visita que fizemos ao Ministério Público”, comentou o vereador Sena Rosa (PSD).

Comentários