Municípios

72 municípios piauienses já receberam a passagem da Caravana Lula Livre

No último final de semana, a Caravana percorreu 12 cidades da região dos Cocais
Fonte: Ascom | Editor: Redação 21/05/2018 14:36
Caravana Lula Livre Caravana Lula LivreFoto: Ascom

No dia 13 de maio, a Caravana Lula Livre Piauí completou um mês de atividades e um saldo de 72 municípios percorridos. O objetivo da Caravana tem sido pedir a liberdade de Lula e compartilhado com o povo as injustiças contra o ex-presidente.

No último final de semana, a Caravana percorreu mais 12 municípios, localizados na região dos Cocais. Na sexta (18), as cidades visitadas foram Morro do Chapéu, Luzilândia, Joca Marques, Madeiro e Joaquim Pires. No sábado, 19, foi à vez de Esperantina, Matias Olímpio, Porto, Nossa senhora dos Remédios e Barras.

Caravana Lula Livre

O apoio dos piauienses, ao movimento, tem garantido o sucesso da Caravana que hoje é uma referência nacional na resistência contra a perseguição política de Lula e manutenção da democracia brasileira.

"O nosso objetivo com esta Caravana é reafirmar que Lula é inocente, que não cometeu crime e que não há provas contra Lula, que é um preso político porque sempre olhou para o povo mais pobre e tirou milhões de brasileiros da linha da miséria.", destacou o deputado petista Francisco Limma.

Além de expandir a defesa de Lula, a Caravana, segundo o presidente do PT Piauí, Assis Carvalho, tem a função de garantir a manutenção da democracia. "É muito importante um diálogo olho no olho com o povo, para que possamos combater as injustiças. Não queremos Lula abaixo ou acima da lei, mas uma lei igualitária pra todos e isto tem sido um dos propósitos da Caravana: manter a democracia deste país."

"Criem seus grupos e saiam levando a mensagem que ouviram sobre a inocência de Lula, que como todos nós sabemos é um preso político. Então, continuem a luta.", observou a senadora Regina Sousa.

Também prestigiou a Caravana a deputada Flora Isabel, promotora Leida Diniz, Cícero Magalhães, professor Antônio José Medeiros, o ex-secretário de Governo, Merlong Solano, João Pereira, secretário de Organização do PT Piauí, Zefinha de Lima, do Movimento Nacional de Moradia Popular, Gil Kairós, secretário de Formação do PT/PI, Zé Gomes, do sindicato da Construção Civil do Piauí, Graziele Costa, do setorial dos Direitos Humanos, Nayara Costa e membros da Executiva Irene Nogueira, Zenaide Lustosa, Mayra Noleto e Maurício Solano.

Comentários