Wellington lamenta "prisão" com data marcada

Ex-presidente Lula Ex-presidente LulaFoto: © REUTERS/Ueslei Marcelino

O governador do Piauí, Wellington Dias, lamentou que as pessoas sejam condenadas antes mesmo do julgamento em todas as instâncias da Justiça. Pior. Já estão marcando até a data para que essas pessoas sejam presas, como acontece com o ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva.

“Nós estamos no Brasil, né?! (risos), onde você tem alguém que alega sua inocência, tem a lei do seu lado e já tem data marcada para uma prisão antes de qualquer decisão judicial, lamento toda essa situação. Estamos falando de um dos maiores líderes do mundo, o líder que os 46 países estão apresentando para o prêmio Nobel da Paz, estamos falando desse líder com essa perseguição ilegal, que vive aqui no Brasil, a lei tem que valer pra todos”, defendeu o governador, que é amigo de Lula.

Segundo divulgado nas mídias, Lula pode ser preso já na próxima segunda-feira (26), após o julgamento dos embargos de declaração impetrados pela defesa do ex-presidente contra a sentença de 12 anos e um mês de prisão definida pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

Apesar dos rumores da prisão do ex-presidente, Wellington Dias acredita que a condição de Lula ser o candidato do PT nas próximas eleições presidenciais, marcadas para 7 de outubro, permanece.

“Lula é a alternativa que nós continuamos confiando porque confiamos na lei, porque uma hora alguém vai ter que cumprir a lei, se não é a primeira instância, não é a segunda, vai ter uma instância do Judiciário, a qualquer hora, que vai ter que ver que tem uma constituição, uma legislação para ser cumprida, eu continuo acreditando nisso. O problema mesmo é a democracia brasileira que precisa voltar ao eixo”, avaliou Wellington Dias.

O governador reuniu a bancada aliada no Palácio de Karnak para discutir assuntos relacionados às eleições, inclusive sobre o retorno dos deputados “secretários”, que voltam ao plenário da Assembleia Legislativa no dia 2 de abril.

Wellington Dias reuniu no Palácio de Karnak a bancada governista na Assembleia Legislativa
Deputados estaduais aliados no Palácio de Karnak [Foto: Jorge Bastos]

Comentários

MEIA PALAVRA

Paulo Pincel

Paulo Henrique Oliveira Barros Comunicação Social - Jornalismo - UFPI; Especialização em Marketing e Jornalismo Político - Instituto Camilo Filho.

Sobre o Blog

Política e outros assuntos relevantes, com ética e responsabilidade. Para bom entendedor, MEIA PALAVRA basta!

Apoio: