PT, MDB, PR, PSD devem disputar com PP em Teresina

Partidos preparam candidatura a prefeito de Teresina Partidos preparam candidatura a prefeito de TeresinaFoto: Reprodução

Os dias dos tucanos no Palácio da Cidade estão contados. Se depender da vontade dos adversários, 2020 será o último ano do PSDB no comando da Prefeitura Municipal de Teresina. A concorrência é grande. PT, MDB, PR, PSD e outros partidos da base de sustentação de Wellington Dias avaliam com grande entusiasmo a possibilidade de concorrer nas eleições municipais do ano que vem. Dr. Pessoa, sem partido, é outro que corre por fora, doido para sentar na cadeira de Firmino.

O vereador Dudu, do Partido dos Trabalhadores, foi lançado pela Executiva do PT em Teresina como o nome na disputa pelo Palácio da Cidade. O petista entende que o PT não pode ficar de fora das eleições de Teresina, até pela grandeza do partido na capital.

A vice-governadora Regina Sousa, segundo Dudu, pretende acompanhar de perto o processo eleitoral que se avizinha. O vereador também quer ter o aval de Wellington Dias para essa empreitada. Dudu já pediu inclusive uma audiência no Palácio de Karnak para discutir a participação do governador no processo.

Outro que já anunciou que vai lançar candidatura é Georgiano Neto, do PSD. O rapaz já mudou até de domicílio eleitoral, trocando Guadalupe por Teresina. Georgiano conseguiu excelentes performances nas duas eleições que disputou para a Assembleia Legislativa.

O MDB ainda não escolheu um nome para concorrer a prefeito da capital. Mas as principais lideranças do partido também querem que o MDB entre na disputa pela PMT. O presidente da Câmara Municipal de Teresina, Jeová Alencar, ainda no PSDB, é o mais cotado para representar o MDB nas eleições de outubro de 2020. Com as bênçãos de Themístocles Filho e Marcelo Castro.

Em contrapartida, o Progressistas, que se aproxima do governo Bolsonaro em Brasília, embora ainda integre a aliança governista no Piauí, trabalha para viabilizar a candidatura de Júlio Arcoverde a prefeito, com apoio do PSDB.

O “namoro” entre as duas siglas vem de longe. Júlio é secretário de Esporte e Lazer de Firmino e a primeira-dama, Lucy Soares, está no Progressistas. Ciro e Firmino são amigos de longa data. Daí para uma aliança é só uma questão de tempo e de negociação.

Sem um nome de peso para a disputa em 2020 - exceto o do tio, Charles Silveira -, Firmino pode adotar o plano “P” para não ver os adversários tomando o poder na capital.

Deputado estadual Júlio Arcoverde (PP)
Deputado estadual Júlio Arcoverde (PP) [Foto: Paulo Pincel]

Comentários