PP considera legítimo indicar duas vagas na chapa majoritária

MArgarete Coelho com Wellington Dias: ainda aliados MArgarete Coelho com Wellington Dias: ainda aliadosFoto: Paulo Pincel

Como previu o presidente do PT no Piauí, deputado federal Assis Carvalho, a “briga” vai ser feia entre os partidos aliados pelas vagas majoritárias na chapa da coligação que apoia a reeleição do governador Wellington Dias. Tem partido demais na base governista e vagas de menos em disputa.

Como fez o PT, que no sábado, durante o encerramento do 6º Congresso Estadual, declarou apoio irrestrito às candidaturas de Wellington Dias e Regina Sousa, o PP, da vice-governadora Margarete Coelho, considera legítimo o partido continuar indicando duas vagas majoritária: ao Senado, com Ciro Nogueira tentando a reeleição, e a de vice-governador, cargo hoje ocupado pela própria.

O PP, entende Margarete Coelho, tem todo direito de reivindicar, tem legitimidade para exigir mais uma vaga, por ter sido o aliado da primeira hora. “O PP sempre esteve com PT, foi companheiro e parceiro de primeira hora na gestão de Welington Dias”.

O senador Ciro, lembra a vice-governadora, tem sido um parceiro do governo em nível local e nacional, inclusive carreando recursos, buscando a liberação das emendas individuais e de bancada, facilitando os contatos nos ministérios em Brasília, “abrindo as portas”. “Então, é justo o PP reenvidar mais uma vaga também”, entende a vice.

Segundo Margarete Coelho, a aliança com o PT em apoio a Wellington Dias ainda está mantida.

Comentários