BLOG DO DEUSVAL

Por Deusval Lacerda

O vil metal

Por Deusval Lacerda de Moraes

A busca desenfreada por dinheiro tem desmoralizado e destruído muita gente ao longo da história.

O patrimonialismo de alguns tem contribuído para desvirtuar valores, pessoas e coisas ao adequar-se às vantagens que conseguem por vias escusas.

Toda mudança de governo provoca alterações no rumo administrativo imposto pela nova ordem governamental.

Nos governos Lula e Dilma aconteceram na distribuição das verbas publicitárias da propaganda oficial. A revista Veja diminuiu o seu quinhão em comparação ao governo FHC e aumentou a fatia no governo golpista do Temer.

Para a revista, não há como o Lula servir para nada. Ficou a favor do golpe parlamentar-constitucional-judicial e, agora, quer o Lula preso de qualquer jeito.

A coisa é tão doentia que a publicação não registra nada favorável ao Lula, muito pelo contrário, instiga o STF acabar logo com a brincadeira.

Até o julgamento de 6x5 em 2016 da execução antecipada da pena em segunda instância, em flagrante desrespeito à Carta Magna de 1988, e para pegar o Lula, não aceita uniformizar dizendo-se já ser jurisprudência.

Daí a importância da pureza dos poetas, pois a primeira vez que ouvi falar da maldade que o dinheiro poderia fazer ao semelhante foi num poema do sanjoanense Adail Coelho Maia, quando referiu-se ao dinheiro nessa situação de "vil metal". Eu era garoto, mas nunca esqueci.

Comentários