ARTIGOS E OPINIÕES

Por Luiz Brandão

“Multi – Intolerância”

“Multi – Intolerância”

Autor: José Victor Rodrigues Ferreira

9° Ano Ens. Fundamental – 1° Lugar

Intolerância e preconceito são dois problemas bastante presentes nas sociedades, desde tempos remotos. Porém ambos têm, atualmente, um destaque maior em nossa sociedade brasileira, pois, o Brasil, sendo um país multicultural carrega consigo diversas opiniões, no entanto, todas aquelas que fogem da hegemonia patriarcal, sexual ou religiosa são alvos de preconceito.

Preconceito é um pensamento pré-concebido, fomentado sem a presença de informações adequadas, enquanto que a intolerância é a exteriorização desse pensamento. No Brasil, podemos dizer, com absoluta certeza, que grande parte do índice de violência em nosso país é derivado de ações intolerantes, seja contra afrodescendentes, seja contra homossexuais ou qualquer outro grupo que fuja da “normalidade”, segundo os olhos do agressor.

Quantos jovens já não perderam a vida por causa do preconceito, da intolerância talvez. Este pensamento já se encontra tão condensado na mente do brasileiro, que é considerado normal, realizado, às vezes, sem qualquer tipo de percepção. Posso arriscar dizer que se tal fato perpetuar, vamos emergir na completa era social, no qual as necessidades individuais serão extintas, tais quais: liberdade de pensamento, escolha sexual, religiosa, dentre muitas outras.

Em suma, preconceito e intolerância, apesar de disseminados, podem acabar. Porém não é algo que depende apenas do governo, depende de cada um de nós, pois o primeiro passo para uma sociedade harmoniosa é aceitar as diferenças e entender que a palavra “diversidade” não é sinônimo de “inferioridade”. Claro que o governo tem papel fundamental no processo, favorecendo uma educação de qualidade, por exemplo, que é a chave para o fim da ignorância e da própria intolerância.

Comentários