Luciano admite ter Freitas Neto como candidato a vice

Luciano Nunes com Freitas Neto Luciano Nunes com Freitas NetoFoto: Reprodução

Depois de vários terem sido cogitados para compor a chapa majoritária encabeçada pelo deputado estadual Luciano Nunes (PSDB), a oposição, que no Norte do Piauí é liderada pelo ex-governador e prefeito de Parnaíba Francisco de Assis de Moraes Souza, o ‘Mão Santa’ (SD), aposta agora no nome do ex-governador Freitas Neto (PSDB) para ser o candidato a vice-governador.

Mão Santa foi um dos que defenderam a indicação de Freitas Neto, em reunião realizada em Parnaíba no final de semana. "Não estamos pensando nisso agora. Nossa prioridade é discutir proposta. Estivemos em Parnaíba discutindo propostas para o Piauí. Ainda temos tempo para definir o nome do vice", desconversou Luciano Nunes, que vai protelar a indicação do vice até a última hora.

Se do lado oposicionista a indicação do vice ainda não foi definida, a escolha do candidato do lado governista é ainda mais complicado. São vários os nomes colocados. E a cada dia, um dos partidos da base vai à televisão reclamar o direito de indicar essa candidatura. Já são três partidos na disputa de quem vai ser o vice de Wellington Dias: MDB, com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho; Progressistas, com a atual vice-governadora Margarete Coelho; e o PTB, da deputada estadual Janaína Marques. PDT, PSD e outros estão mirando a indicação do candidato a senador.

“O que nós temos tratado até esse momento é com relação aos objetivos de cada partido de maneira ampla. Agora, sobre um nome específico, ainda não discutimos”, adiantou o governador Wellington Dias, que empurrou para junho a definição do vice e da segunda vaga ao Senado.

Comentários