Vice: PTB se finge de morto para arrochar o coveiro

Deputado estadual Nerinho (PTB) Deputado estadual Nerinho (PTB)Foto: Paulo Pincel

Engana-se quem pensa que o PTB se conformou com os rumos da definição da chapa majoritária, com PT, PP e MDB ocupando os principais cargos em disputa. "O PTB precisa compor a chapa majoritária para voltar a crescer. Não é imposição, mas um pleito que vamos apresentar ao governador”, avisou o deputado Nerinho, ao conversar com os jornalistas nesta quarta-feira, na Assembleia Legislativa.

Nerinho lembrou que o PTB é aliado da primeira hora do "Índio", desde o início da caminhada de Wellington Dias ao Governo do Estado, ainda em 2002. “Nos momentos mais sensíveis da campanha o PTB esteve com o governador. E vamos continuar juntos", garantiu o deputado.

Quanto ao apoio do ex-senador João Vicente Claudino à candidatura ao governo do senador Elmano Ferrer (Podemos), Nerinho entende que é "cada macaco nos eu galho", isto é, cada um tem direito a uma opinião pessoal.

"O João Vicente já colocou a posição dele. Vamos nos reunir com ele porque João Vicente sempre disse ser um soldado do partido. Vamos promovê-lo para general e tê-lo no comando do partido", defendeu O parlamentar, acrescentando que ainda quer ver a deputada Janaínna Marques como candidata a vice de Wellington Dias.

"O MDB e o Progressistas tem todo direito. O MDB é um partido grande. O PP cresceu demais e quer manter a Margarete. Graças à Deus, o Piauí está bem servido de vice. Sem falar no governador que tem dado um show. A chapa ideal seria o MDB no Senado. Ciro no Senado e o PTB com a vice, com a Janaína ou o Zé Hamilton (ex-deputado)", torce.

Até o governador Wellington Dias bater o martelo sobre a indicação do candidato a vice-governador, todo dia vai ter um aliado levantando a mão e dizendo que é mais amigo, mais fiel, mais isso, mais aquilo... E não podia ser diferente com os correligionários de JVC, que já saiu do páreo e prometeu apoiar os enador Elmano Ferrer.

Como se diz: o PTB se finge de morto para arrochar o coveiro.

Comentários