Desfile e Sedução da Maria Isabel

Não podemos pensar em comida típica piauiense sem nos lembrarmos de Maria Isabel, da paçoca, do capote e de vários outras delícias.

Com um nome que pode até ser causa de ciúmes para quem não conhece o Piauiês, comer uma Maria Isabel no Piauí é tão desejado que foi criado pelo SEBRAE, com muito sucesso o Festival Gastronômico Maria Isabel. Sua Curadora é a competente chef de renome nacional Mônica Rangel.

Mônica Rangel e Goretti Mendes Mônica Rangel e Goretti Mendes Foto: Foto Goretti Mendes

A comida típica do Piauí é o resultado da soma de culturas que formam a nossa história: índios, africanos, portugueses e mais recentemente os imigrantes árabes. Tudo isso, preparado à maneira piauiense com combinações de ingredientes e técnicas próprias que nos propiciam pratos de sabores únicos.

A ideia é ampliar os horizontes, aguçar a criatividade e fazer com que chefs de cozinhas locais, inspirados na tradição da culinária piauiense, criem pratos sofisticados e diferentes a preços populares.

Eventos como este vêm despertando os olhares do Brasil para a nossa culinária, rica em variedades e sabores. O festival é um sucesso.

O acesso ao site oficial do evento é difícil, a busca tem que ser pelo link completo, festivalmariaisabel.com.br. Inserindo somente “festival maria isabel” o Google não remete à opção do site. Contém informações dos horários de cursos e palestras. Quem como eu, se deslocou para provar os pratos no horário do almoço encontrou os restaurantes fechados.

A localização em um dos Shoppings da cidade é ótima, mas não tem infraestrutura para a realização de parte da programação tendo sido realizadas palestras no auditório do próprio SEBRAE.

A frustração foi constatar que os pratos servidos no Shopping, com raras exceções, não foram os pratos oficiais criados para o evento. Os restaurantes não dispunham de equipamentos no local para fazer isso. Foram servidos a velha e conhecida comida típica nordestina, a Maria Isabel, o carneiro, o vatapá, etc.

Descobrimos algumas criações que merecem louvor pela novidade das combinações de ingredientes, técnicas, sabores e apresentações. Estas já podem ser apreciadas até o dia 02 de outubro nos restaurantes participantes.

Dentre as receitas elaboradas pelos vinte e cinco restaurantes, cinco realmente trouxeram alguma novidade e merecem ser destacadas.

LASANHA SERTANEJA, do Boteco.

Delicada e saborosa consiste na versão simpática de uma lasanha contemporânea e light. Ao invés de massa, a macaxeira e a abóbora. Substituindo a carne de gado, o carneiro desfiado. A combinação é perfeita.

Lasanha Sertaneja Lasanha Sertaneja Foto: Cândido Neto
Lasanha Sertaneja Lasanha Sertaneja Foto: Cândido Neto

BELEZA DE TERESINA ENCONTRO DOS RIOS AOS IPÊS, da Donna Get.

A novidade consiste em usar o coco ralado para empanar o peixe. A receita porém, como podemos ver abaixo, está incompleta.

Beleza de Teresina: Encontro dos Rios aos Ipês
BELEZA DE TERESINA ENCONTRO DOS RIOS AOS IPÊS BELEZA DE TERESINA ENCONTRO DOS RIOS AOS IPÊS Foto: Cândido Neto

BUCHADA DE TILÁPIA, do Costela do Gaúcho.

Ideia interessante de simular uma “buchada de bode” feita de pele de tilápia e recheada com o próprio peixe.

Buchada de Tilápia Buchada de Tilápia Foto: Cândido Neto

Buchada de Tilápia

Buchada de Tilápia Foto: Cândido Neto

PEDAÇINHO DO PIAUÍ, Restaurante São João.

A novidade é a cajuína para a preparação do arroz. A receita também está incompleta.

Pedacinhos do Piauí Pedacinhos do Piauí Foto: Cândido Neto

Pedacinhos do Piauí Pedacinhos do Piauí Foto: Cândido Neto

Fotos 7 e 8

ESFERA DE CHOCOLATE COM BROWNIE, BACURI E SORVETE, da La Patisserie.

Uma mistura de dar água na boca. A sobremesa é tecnicamente muito bem elaborada, de visual lindo e sabor fantástico. Esperei me deliciar com o azedinho do bacuri, mas não aconteceu, ficou em pouca quantidade, perdido nas delícias dos pedaços de brownies.

ESFERA DE CHOCOLATE COM BROWNIE, BACURI E SORVETE ESFERA DE CHOCOLATE COM BROWNIE, BACURI E SORVETE Foto: Cândido Neto

ESFERA DE CHOCOLATE COM BROWNIE, BACURI E SORVETE Esfera de Chocolate com Brownie, Bacuri e Sorvete Foto: Cândido Neto

A esfera depois de regada com a calda quente de chocolate. A esfera depois de regada com a calda quente de chocolate. Foto: Goretti Mendes

O livro com as receitas do festival, com imagens lindas e perfeitas do fotógrafo Cândido Neto, aqui divulgadas, pode ser baixado no site do evento festivalmariaisabel.com.br ou adquirido nos restaurantes do circuito.

Comentários

COZINHARTE

Goretti Mendes

Arquiteta e Urbanista formada pela Universidade Federal de Pernambuco. Também é especialista em Ciências Ambientais pela Universidade Federal do Piauí. Amante da arte sob qualquer forma de expressão, vê na Gastronomia e na Arquitetura artes que se complementam.

Sobre o Blog

Nesta coluna abordaremos os mais diversos assuntos sobre a arte de cozinhar, sobre boas experiências na cozinha. Falaremos da arquitetura como arte complementar da gastronomia.

Apoio:

Colunas e Blogs