A Vida é Curta, Coma a Sobremesa Primeiro

Peras ao Vinho Peras ao VinhoFoto: Goretti Mendes
Coma a Sobremesa Primeiro Coma a Sobremesa Primeiro Foto: http://academiagastronomica.com.br/52-frases-de-gastronomia/

O doce sempre existiu. A história da confeitaria é longa, existem registros de doces descritos por Cícero na Roma Antiga, um século antes do nascimento de Cristo.

Nos banquetes da Idade Média os doces não eram feitos com açúcar e sim com mel misturados às frutas, às amêndoas e às castanhas. Até então as mesas eram postas com todas as iguarias: carnes, ensopados, pães, tortas, queijos, frutas, bolos e mel. Não havia as categorias de pratos, não havia a ordem dos serviços. Tudo era comido de acordo com a vontade de cada convidado e a quantidade de pratos em exposição, claro, simbolizava a riqueza do anfitrião, como até em nossos dias.

Banquete Medieval Banquete Medieval Foto: http://contoselendasmedievais.blogspot.com.br/2010_07_01_archive.html

O conceito de iguarias de categorias diferentes surge no Século II Depois de Cristo e nesta época os doces não eram servidos depois e sim antes dos pratos principais para “abrir o apetite”.

Somente no final do século XVIII, com a descoberta do açúcar feito a partir da beterraba, a Europa pode se libertar da importação do açúcar feito da cana e conseguiu popularizar a produção de doces.

Foi somente no século XVI que surgiu o conceito da sobremesa na Europa e os doces passaram a ser servidos após as refeições.

No Século XIX a Europa aprimora a produção de doces e surgem os famosos “cafés e confeitarias”, locais charmosos e aconchegantes apreciados até hoje. A ideia de apresentar os pratos numa certa ordem passou então a ser aceita e os cozinheiros passaram a montar os cardápios com as entradas, os pratos principais e finalizando com as sobremesas .

Café no Centro de Paris

Café no Centro de Paris Foto: Goretti Mendes

Para quem adora os doces, quebrar as regras é uma maravilha. A vida é curta, comer primeiro a sobremesa é ser feliz.

Na segunda metade do século XX foram descobertos o adoçantes artificiais tipo Aspartame e Sucralose que permitiram a popularização das sobremesas diet.

Compartilho duas receitas maravilhosas, do meu acervo, simples de serem feitas. A primeira feita com açúcar, para quem não tem restrições e a segunda Diet. Elas podem entrar no seu cardápio, fazer sucesso e agradar a gregos e troianos.

ROMEU E JULIETA – alguns sabores diferentes como a goiabada e o queijo combinam tão bem que parecem ter nascido um para o outro. De origem mineira, essa mistura sempre agrada aos mais exigentes paladares.

Sobremesa Romeu e Julieta Sobremesa Romeu e Julieta Foto: Goretti Mendes

Ingredientes:

2 latas de leite condensado

2 latas de creme de leite

A mesma medida da lata de leite condensado de leite de gado

2 colheres (das de sopa) de manteiga

2 gemas (sem a pele)

1 lata de goiabada

Queijo de minas em cubinhos

MODO DE PREPARAR:

O Creme

Misturar em uma panela o leite condensado, o leite, a manteiga e as gemas. Levar ao fogo e deixar ferver um minuto com o fogo baixo. Retirar do fogo e acrescentar o creme de leite. Reservar e deixar esfriar um pouco, juntar os cubinhos de queijo.

A Goiabada

Cortar a goiabada e bater no liquidificador com o mínimo de água possível. Levar a mistura ao fogo para ficar cremosa e usar (reserve um pouco para a finalização).

MONTAGEM

Alternar camadas do creme branco e do creme de goiabada. Finalizar com o creme branco e decorar com o creme de goiabada usando um bico de confeitar em desenhos livres.

Podem ser feitas porções individuais em taças.

Romeu e Julieta na Taça Romeu e Julieta na Taça Foto: Internet

PÊRAS AO VINHO - sobremesa DIET

Peras ao Vinho Peras ao Vinho Foto: Goretti Mendes

Ingredientes para as peras:

6 peras pequenas, tipo portuguesas

1 copo(s) de vinho tinto

1 copo(s) de Água

2 colher(es) (sopa) de adoçante

Peras Portuguesas Peras Portuguesas Foto: Goretti Mendes

Modo de preparar as peras:

Descasque as peras e conserve os cabos.

Numa panela, junte o vinho, a água e o adoçante. Deixe ferver e coloque as peras para cozinhar. Devem cozinhar ficando ainda firmes. Não deixe amolecer demais.

Deixe esfriar e coloque na geladeira enquanto prepara o creme e a calda.

Ingredientes para o Creme:

1 lata de leite condensado Diet

A mesma medida de leite

1 gema

1 colher (das de sopa) de manteiga

Modo de preparar o creme:

Misturar tudo em uma panela, levar ao fogo e deixar ferver um pouco.

Reservar. Deixar esfriar.

Para a cobertura (Ganache):

Ingredientes:

Para cada 200g de chocolate ao leite Diet use 70ml de creme de leite.

Amêndoas laminadas para finalizar (opcional)

Modo de preparar o Ganache:

Aquecer o creme de leite sem deixar ferver e adicionar o chocolate picado. Mexer cuidadosamente até derreter o chocolate.

Modo de montar a sobremesa

Em um prato fazer uma “cama” de creme. Colocar a pera na vertical (se precisar, cortar um pouco a base da fruta para firmar). Regar com a cobertura (Ganache) e salpicar de amêndoas laminadas. Peras ao Vinho

Peras ao Vinho Foto: Goretti Mendes

Comentários

COZINHARTE

Goretti Mendes

Arquiteta e Urbanista formada pela Universidade Federal de Pernambuco. Também é especialista em Ciências Ambientais pela Universidade Federal do Piauí. Amante da arte sob qualquer forma de expressão, vê na Gastronomia e na Arquitetura artes que se complementam.

Sobre o Blog

Nesta coluna abordaremos os mais diversos assuntos sobre a arte de cozinhar, sobre boas experiências na cozinha. Falaremos da arquitetura como arte complementar da gastronomia.

Apoio:

Colunas e Blogs