A Difícil Arte de Transformar a Gastronomia Vegana em Bom Resultado

Pedaço PedaçoFoto: Goretti Mendes
Lasanha de Berinjela

Em dias difíceis para os carnívoros, no meio de tantas notícias de desonestidades sobre a carne nossa de cada dia, que tal um passeio pela gastronomia Vegana?

A princípio pode parecer assustador. Como fazer uma comida gostosa sem introduzir proteínas ou produtos de origem animal? É um desafio no mínimo controverso no difícil cenário de gestão por resultados.

O Veganismo é uma filosofia de vida com base nos direitos dos animais. Os veganos não consomem quaisquer produtos de origem animal seja para alimentação ou não. Também não usam produtos que tenham sido testados em animais ou que incluam qualquer forma possível de exploração animal nos seus ingredientes ou processos de manufactura.

O termo Vegan foi usado pela primeira vez em 1944 pelo americano Donald Watson. A partir do início dos anos sessenta vem aumentando consideravelmente o número de adeptos. No meu entender é uma maneira de viver em paz com os seres vivos e sempre em busca do prazer de romper as fronteiras da culinária clássica. No mínimo são comidas leves e saudáveis. Gostosas? depende de quem prepara.

Recebi uma encomenda para preparar um prato Vegano. O desafio foi estimulante, convite aceito. Semelhante a um projeto de arquitetura com inúmeros condicionantes, no qual nós arquitetos temos que vencer a todos. A gastronomia Vegana é cheia de restrições que acabam me atraindo como me atraem os projetos mais difíceis. O jeito foi buscar as mais diversas saídas e soluções.

A alquimia de contrastes culinários de busca de sabores, de combinações diversas, aqui encontra várias barreiras e preconceitos. Mas a gastronomia é uma arte, é uma poesia, e como tal, os sabores, os aromas e a apresentação dos pratos devem seduzir e cumprir os desejos de satisfação.

Mostro o passo a passo de uma receita que qualquer mortal, vegano ou carnívoro, adoraria saborear. É sucesso certo em qualquer mesa.

Lasanha Vegana

Lasanha de Berinjela

Para as Berinjelas:

1 Kg de berinjelas;

Água com sal;

Azeite de boa qualidade.

Modo de fazer:

Preparo das berinjelas

Lavar bem as berinjelas, fatiar em lâminas finas, deixar de molho em água com sal por uns dez minutos, enxugar e grelhar em uma frigideira antiaderente com um pouco de azeite. Reservar.

Molho de tomates

Use o molho de tomates da sua preferência. Fiz o molho já ensinado aqui no artigo sobre Barra Grande (use 1Kg de tomates maduros e firmes) e acrescentei azeitonas pretas fatiadas. Reserve.

Molho branco

02 inhames,

1 e ½ copos de água;

Os talos dos cogumelos para saborizar, no caso usei o shitake;

½ concha de molho de tomates (para para dar uma cor mais atraente)

Sal à gosto

01 colher, das de sopa, de amido de milho dissolvido em um pouco de água, para engrossar;

Modo de fazer:

Bater tudo no liquidificador, levar ao fogo para ferver até virar um creme não muito espesso.

Shitake

Cogumelos frescos

1 1/2 bandejas de cogumelos frescos tipo shimeji ou shitake, lavados, secos e picados;

Azeite de boa qualidade

O1 cebola ralada;

02 dentes de alho amassados;

Molho de soja (tipo shoyu) à gosto.

Modo de fazer:

Refogar o alho no azeite, acrescentar a cebola e refogar mais um pouco.

Misturar os cogumelos picados e deixar refogar mais um pouco. Acrescentar o molho de soja à gosto. Deixar cozinhar até evaporar quase toda a água que sai dos cogumelos.

Para o tofu:

01 tofu firme esfarelado;

01 colher, das de sopa de ervas finas;

Azeite, de boa qualidade, à gosto;

Sal à gosto.

Modo de fazer:

Misturar tudo e usar.

Montagem:

Primeira camada
As berinjelas sobre fina camada de molho de tomates.
Primeira camada

Molho de tomates sobre as berinjelas.

Camada de shitake

Camada de shitake

Camada de molho Branco

Camada de molho Branco.

Forrar um refratário médio com um pouco do molho de tomates e colocar as camadas na seguinte sequência:

Berinjelas

Molho de tomates

Cogumelos

Molho branco

Tofu

Molho de tomates

Repetir até terminar todos os ingredientes e finalizar com o tofu.

Levar ao forno pré-aquecido por mais ou menos 40 minutos.

Servir quente.

Pronta

Pronta. Delícia!

Pedaço

** Fotos de Goretti Mendes

Comentários

COZINHARTE

Goretti Mendes

Arquiteta e Urbanista formada pela Universidade Federal de Pernambuco. Também é especialista em Ciências Ambientais pela Universidade Federal do Piauí. Amante da arte sob qualquer forma de expressão, vê na Gastronomia e na Arquitetura artes que se complementam.

Sobre o Blog

Nesta coluna abordaremos os mais diversos assuntos sobre a arte de cozinhar, sobre boas experiências na cozinha. Falaremos da arquitetura como arte complementar da gastronomia.

Apoio:

Colunas e Blogs